17.2.16

Ensaio fotográfico: Cauê Bechepeche

Heeello Bitches! Ok, brincadeira, falei isso só porque o modelo adora cumprimentar a todos assim. Sabe aquele dia corrido em que você tira fotos na velocidade da luz e ainda foi quase assalto? Bem, isso resume bem esse ensaio. Era pra ser um lookbook, então a maioria das fotos eu tirei na vertical e quando vim fazer o post estranhei demais, pois minhas fotos em geral são na vertical. Não tenho muito o que dizer, apenas: Se você for do Rj, já pode me contratar. haha
(minha foto favorita é a da direita)

As fotos mais bonitas estão no fim do post, então realmente cliquem no ler mais, vale a pena <3

14.2.16

Photoshop: Limpeza de pele

Oi gente! Prometo que eu ainda faço um canal no youtube pra fazer os tutoriais, mas esse dia ainda não foi hoje. Muitas vergonhas envolvidas. De qualquer maneira, hoje vou ensinar a fazer uma limpeza de pele que pareça natural, - nada de rebocar a cara - retirar espinhas e imperfeições que nos incomodam e ninguém merece.

Antes de começar o tutorial, gostaria que vocês lessem esse post. Nele eu explico qual a melhor ordem dos processos para editar fotos. No tutorial, a foto já está com filtro e eu considero isso errado. Tá tudo explicado no post, só irem lá. Agora vamos aprender a tirar as espinhas e imperfeições do rosto.

Com a imagem escolhida aberta, você vai criar uma camada preenchida. Em seguida, clique na ferramenta "Spot Healing Brush Tool" (ou só aperte o atalho J), escolha o tamanho ideal de pincel e comece a clicar nas espinhas ou quaisquer imperfeições a serem removidas.

Crie uma camada invisível, depois clique com o botão direito na "Brush Tool" e em seguida escolha a ferramenta "Mixer Brush Tool." Escolha o tamanho do pincel, limpe o pincel, e coloque as seguintes definições: 15%, 20%, 30% e 40%. Caso não esteja selecionado, selecione a opção "Sample all layers". Depois de tudo configurado, é só ir arrastando o pincel na pele. Clica, segura e arrasta na região a ficar "lisa". Cuidado pra não misturar áreas escuras com claras, vai devagar. Se achar o efeito forte, é só diminuir a opacidade da camada. Depois de satisfeito, é só unir todas as camadas com CTRL + SHIFT + E. 


É isso gente <3 Espero que tenha sido útil e que gostem, se quiserem algum outro tutorial, é só pedir! Beijos!
Post publicado dia 11/12/2014 e atualizado dia 14/02/2015. 

8.2.16

Fotografia: Trabalhando em baladas

Um tempo atrás uma leitora pediu pra eu contar como é trabalhar como fotógrafa nas boates da vida. Eu até tinha começado a fazer o post, mas esqueci dele e ficou no rascunho largado pra lá. Nada inesperado vindo de mim. Semana retrasada, novamente me fizeram o pedido, só que também pediram dicas em geral e de equipamentos. Dessa vez não só não larguei o post, como também coletei várias duvidas frequente. Caso tenham mais, deixem a pergunta nos comentários e fica pro próximo post.

Muito bem, a primeira coisa a dizer é que não é tão maravilhoso e glamouroso assim. Por trabalhar em um local divertido, a ideia é que eu me divirto extremamente igual todas as pessoas que estão lá exclusivamente para isso, mas não é bem assim. Você está trabalhando, logo fica preocupado. Se a festa tem fumaça já bate até um desespero. Do mesmo jeito que o bartender não bebe as bebidas que faz, eu não fico dançando no meio da pista por estar lá, sim exerço minha função. Pense que você fica em pé por várias horas, as vezes você está cansado, quer ir embora e não pode por ser de madrugada e muito longe de casa. Nem tudo são flores. Não é tão glamouroso, mas também não é um pesadelo, é bem legal até. Ruim só será pra quem não gosta do ambiente - eu amo - e quem não têm costume de passar a noite em claro.

Uma das perguntas que fizeram foi de quais eram as minhas inspirações para as fotos, além de se eu busco inovar ou seguir um estilo. A realidade é que eu não tenho nenhuma inspiração, pra não dizer que não há nenhuma, admiro muito o trabalho de um cara da própria empresa que trabalho. No início, olhei as fotos dele pra fazer uma ideia do que fazer e de como editar. A edição dele é maravilhosa! Por fim, busco seguir um padrão de qualidade e estilo sim, não tem muito no que inovar.

Também perguntaram o que eu exatamente fotografo nas festas, se eu tento captar sentimentos ou faço fotos que me pedem. Em geral tento tirar foto da galera se divertindo e do que acontece na festa, gosto de captar os momentos espontaneamente das pessoas. Quando posteriormente alguém olha o álbum da festa, dá pra ver o quão divertida ela foi porque as fotos são naturais, não posadas. Dá vontade de voltar ou ter estado lá. Olhem bem pra foto abaixo, dá pra felicidade transbordando das duas, é contagiante e é isso que tento captar. Só que sim, se me pedirem uma foto eu irei tirar.
© The Meaning of Soul
Maira Gall